Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Wed, 29 Jan 2020
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Marques e Benedi terminam com 52º tempo

Pó prejudica pilotos portugueses

A entrada no Senegal foi marcada por muito pó para Paulo Marques e Rui Benedi, do Team Guy Laroche/Tsunami/O Feliz/Cofidis, o que acabou por dificultar um pouco a tarefa dos dois pilotos. Mesmo assim, Marques e Benedi lograram a subida aos 80 primeiros classificados do Lisboa/Dakar 2007.

“Foi uma Especial marcada por muito pó, o que dificultou um pouco a tarefa de pilotagem e não nos permitiu apresentar um ritmo mais forte”, adiantou o “Marquês”. “Além disso, apanhámos três camiões que se revelaram muito complicados de ultrapassar e atrás dos quais ainda perdemos algum tempo. É uma pena porque não estamos a competir para a mesma classificação e não nos facilitaram o trabalho em nada. Pelo contrário, só nos fizeram perder tempo”, explicou o famalicense notoriamente pouco satisfeito com a atitude dos outros pilotos.

“A meio da Especial sofremos ainda uma pequena peripécia. Num salto que atacámos com um pouco mais de ímpeto, quando chegámos ao solo, os compressores para enchimento dos pneus começaram a funcionar e tivemos de parar para os desligar. Nada que nos tenha feito perder muito tempo, mas ao ser uma coisa pouco habitual houve uns breves instantes em que não sabíamos bem o que se estava a passar”, rematou Paulo Marques muito animado para a tirada de amanhã.

“Estamos quase no tão desejado destino. A Etapa de amanhã é, ao fim ao cabo, a última em termos competitivos. A de domingo é a Especial de consagração onde nada se ganha. Por isso, amanhã ainda vamos tentar um derradeiro esforço para conseguirmos um bom resultado”, rematou.

GateKeepers, 2007-01-19
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.