Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Tue, 10 Dec 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Toyota Laranjinha a dois passos do Lago Rosa

Na 106ª posição das 187 equipas auto que saíram de Lisboa

“Chegar a Dakar, dentro do Senegal, é menos fácil do que muita gente imagina! ”, exclama Mário Ferreira, minutos após instalar a tenda no bivouac, próximo de Tambacounda.

“Vai-se a 120km/hora e de repente, no meio do caminho, surgem buracos do tamanho do carro, que podem deitar tudo a perder”, acrescenta José Carlos Sousa.
A equipa laranjinha acabara de concluir a antepenúltima etapa do gigantesco esforço que tem sido cumprir o Euromilhões Lisboa-Dakar 2007.

“Arrancamos na cauda do pelotão de automóveis, o que significa que acabámos por andar entre os camiões que nos seguem e nos ultrapassam. E isto é muito duro. Requer a maior atenção, no meio do pó, para evitar colisões ou saídas de pista”, diz o piloto, que conclui:

“A etapa de hoje atravessava muitas populações, mas bem vedadas e sinalizadas. Ao que dizem, apesar de ser imprescindível andar muito concentrados na condução, para evitar surpresas, a passagem nesta região, este ano, foi mais acautelada”.

Mário Ferreira e José Carlos Sousa, os rookies mais rookies que andam no rali, vão sair amanhã de manhã, para Dakar, 14ª etapa e penúltima da prova, na 106ª posição, depois de ter obtido o 93º lugar à chegada a Tambacounda.

Um percurso total de 576km, constituído pela ligação inicial de 124km, a que se segue a especial com 225km, sendo feita a ligação final com 227km. Após isto, ficarão a faltar apenas 93km, de um total a rondar os 8 mil a que se dispuseram à saída de Lisboa.

Média Alta - Imagem e Comunicação, 2007-01-19
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.