Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Wed, 11 Dec 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Última Etapa ao ataque para Miguel Barbosa

A dupla Miguel Barbosa/Miguel Ramalho à semelhança do que tem sido habitual, deu o tudo por tudo na última etapa do Lisboa-Dakar 2007 disputada esta manhã junto ao Lago Rosa na Capital do Senegal. Apesar dos 16 quilómetros que compunham a especial não terem sido ao gosto do piloto da Vodafone Liberty Seguros Team, Barbosa registou, novamente, um lugar no top 10, desta vez com a nona posição.

Na frente de muito público português que fez questão de acompanhar a chegada da caravana a Dakar, Miguel Barbosa deu um bom espectáculo para todos aqueles que ali estavam a apoiá-lo: “Era uma especial muito curta que começou logo na areia seguida de uma parte encadeada junto ao Lago Rosa. Uma classificativa espectáculo. Na frente de tantos portugueses, o meu objectivo era fazer uma boa prestação e parece que consegui. Apesar do percurso não ser nada adequado à nossa máquina, acho que tivemos um bom desempenho”, disse o piloto lisboeta satisfeito por ter chegado a Dakar, mesmo que longe do seu objectivo para esta segunda participação.

Em tom de balanço, Miguel Barbosa mostrava-se satisfeito por ter chegado a Dakar: “Terminar as duas participações nesta prova caracteristicamente muito dura, penso que é muito importante. Embora, a classificação geral tenha ficado aquém das nossas expectativas. Mas depois de todos os problemas mecânicos, temos que nos dar por satisfeitos”, considerou.

No entanto, os resultados alcançados nestas últimas etapas demonstram que a dupla portuguesa tinha andamento para andar na frente: “O nosso problema foi efectivamente o carro em determinadas ocasiões não ter correspondido da forma que esperávamos. Os problemas mecânicos condicionam sempre qualquer prestação. Mas parece-me que provámos que tínhamos condições para rodar na frente. Os resultados destas últimas etapas indicam isso mesmo. E é por isto que saímos de Dakar satisfeitos com todo o trabalho que efectuámos”, explicou.

Miguel Barbosa aproveitou ainda, para uma vez mais, dar os Parabéns ao seu navegador, Miguel Ramalho: “Fez sempre um trabalho excepcional. É muito bom ter dentro do carro um profissional como ele. Acho que depois desta segunda participação, sentimo-nos mais adaptados à prova. Mais experientes. A areia não foi nenhum problema para nós. Penso é que temos, de no futuro melhorar a nossa adaptação às condições marroquinas: mau piso com muita pedra”, concluiu o piloto da Vodafone Liberty Seguros Team.

Classificação da 15ª Etapa:
1º Giniel De Villiers/Zitzewitz – Volkswagen Touareg com 7m42s
2º Carlos Sainz/Perin – Volkswagen Touareg a 2s
3º Robby Gordon/Grider – Hummer a 26s
….
9º Miguel Barbosa/Miguel Ramalho – Proto Dessoude a 1m09s

Classificação Após 15ª Etapa:
1º Stephane Peterhansel/Cottret – Mitsubishi Pajero com 45h53m37s
2º Luc Alphand/Gilles Picard – Mitsubishi Pajero a 7m26s
3º JL Schlesser/Arnaud Debron – Schlesser Ford a 1h33m57s
….
23º Miguel Barbosa/Miguel Ramalho – Proto Dessoude a 14h22m16s

DCA News, 2007-01-21
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.