Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Tue, 19 Mar 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Team Tanqueluz já prepara próximo Dakar

Madrinha Isabel Angelino aposta no futuro desta equipa

Forçados a abdicar da sua participação no Euromilhões Lisboa Dakar 2007 no decorrer da sétima etapa, o par Lino Carapeta e Ricardo Cortiçadas prepara já a edição de 2008. A equipa irá dar continuidade ao seu programa internacional, no qual poderá ser acompanhada por Rodrigo Amaral, piloto que será presença, aos comandos do Bowler Wildacat, no Vodafone Rali Transibérico, a prova portuguesa pontuável para a Taça do Mundo.
Para Lino Carapeta “é necessário avaliar bem o que esteve na origem dos problemas mecânicos que afectaram a nossa corrida, continuar a desenvolver os nossos Bowler Wildcat e participar em provas internacionais para ganhar ainda mais experiência e testar a nossa máquina nas mais duras condições”, explicou o piloto.
A equipa continua a ter o apoio inequívoco da sua madrinha, Isabel Angelino que, apesar de conformada com a desistência no Dakar 2008, continua a apostar nos pilotos do Team Tanqueluz:

“Depois de uma bem sucedida estreia no Lisboa Dakar do ano passado é claro que as expectativas aumentaram para a participação de Lino Carapeta e Ricardo Cortiçadas neste ano. O inicio do Team Tanqueluz neste Lisboa Dakar 2007 foi auspicioso, mas o Bowler Wildcat não correspondeu, tendo-se partido a transmissão ao km 19 da sétima etapa já na Mauritânia. A dupla nem por isso perdeu o bom humor que lhes é inerente e sobretudo o espirito aventureiro pensando já num próximo desafio. Uma equipa que ainda vai dar muito que falar e que nos enche de orgulho. Uma participação com pouca sorte mas com muito empenho, perícia e velocidade. Parabéns! ”

A2 Comunicação, 2007-01-24
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.