Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Sat, 27 Nov 2021
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Tiago Monteiro no Lisboa Dakar 2008

Desafio pessoal e missão humanitária

Tiago Monteiro decidiu participar na prova Lisboa Dakar 2008. O Piloto Oficial SEAT SPORT 2008 para o Campeonato do Mundo de Turismos, vai correr na prova mais dura do mundo que este ano se realiza entre 5 de Janeiro e 20 do mesmo mês.

Para o piloto português, a vontade de participar na mítica prova do Lisboa Dakar já existia há alguns anos. Este ano o projecto começou a ganhar forma e a reforçar-se a partir do momento em que os organizadores da prova voltaram a manifestar interesse na sua participação, fazendo alguma pressão para que tal acontecesse. A concretização desta vontade foi possível, porque se reuniram as condições necessárias, (projecto, equipe, apoios, etc) e graças ao facto de estar já definido e contratado o programa desportivo profissional do piloto para 2008, e que lhe permite a realização desta prova.

Tiago Monteiro sempre viveu a competição automóvel como um desafio pessoal. O Dakar reúne os condimentos que lhe despertam esse desafio de participar; pela aventura humana, por estar 15 dias sozinho no deserto, pelo grau de dureza da prova e pelas condições físicas levadas ao estremo da resistência.

O piloto corre num Buggy Desert. Estes carros, inicialmente desenvolvidos por Jean-Louis Schlesser, foram entretanto preparados por Philppe Gache e pela SMG para manter este conceito radical, muito apreciado pelo público e pelos media. O Piloto enfrenta os 9. 000. km da prova sozinho num Buggy sem vidros de protecção e sem ar condicionado, num ambiente extremamente agressivo, desafiando os limites humanos.

O Piloto refere que: “Participar nesta prova é para mim um grande desafio ao qual me vou entregar com a habitual dedicação de forma a atingir o meu objectivo que é chegar a Dakar. Depois de concretizado o projecto, e dado que não vou participar com o objectivo de lutar pelos lugares da frente, decidi que para além do desafio humano que ia enfrentar poderia aproveitar o projecto para proporcionar ajuda a crianças carenciadas”. Tiago Monteiro refere ainda que “ foi montado um projecto com duas vertentes humanitárias que colheu forte apoio junto de todos os parceiros”.

Tiago Monteiro pretende promover as causas das duas associações humanitárias aproveitando os momentos mediáticos que um projecto desta natureza provoca. Para além dessa ajuda, Tiago Monteiro vai suportar financeiramente a execução de um projecto em cada uma das associações. Estas associações humanitárias desdobram-se em várias acções e são um desafio para o Piloto e estrutura; A primeira tem o nome de Actions Dakar e este ano, serve para ajudar os meritórios esforços conduzidos pela ONG S. O. S. Sahel, junto das populações mais carenciadas nas regiões atravessadas pelo rally, com acções de sensibilização e educação ambiental, protegendo os escassos recursos naturais, reflorestação, protegendo e valorizando o solo e os recursos florestais, e acções de protecção sanitária e de higiene da água levando-se deste também apoio às crianças a países por onde passa a caravana do Dakar, através do suporte de acções de solidariedade social.

A segunda associação que Tiago Monteiro promove é a Nariz Vermelho, que se dedica a ajudar crianças internadas. “Milhares de crianças em Portugal, irão acordar numa cama de hospital este ano. Algumas estarão lá para tratamentos ligeiros, outras para procedimentos complexos e demorados. Muitas sentirão dor, tédio e solidão e o desejo intenso de voltar logo para casa. Todas experimentarão o medo. Com o objectivo de transformar esta realidade tornando mais terna e feliz a experiência das crianças no hospital, a Operação Nariz Vermelho visita por ano mais de 27 mil crianças hospitalizadas em todo o país”.

Assumindo pessoalmente o grande desafio que é correr no Dakar sabendo das enormes dificuldades que envolvem esta prova, Tiago Monteiro também acha que há vitorias morais e de mérito e foi isso que o fez decidir dar o seu contributo deste modo, em Portugal através dos “Nariz Vermelhos” e em África através das “Actions Dakar”.

TiagoMonteiro.com Team, 2007-12-20
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.