Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Thu, 29 Sep 2022
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Ricardo Leal dos Santos a caminho do Atacama

... para esquecer os dias infernais

Ricardo Leal dos Santos e Pedro Pires de Lima, em BMW X5, continuam em prova no Dakar Argentina Chile depois de ao longo de três dias terem descido ao “inferno”. Hoje foi dia de descanso em Valparaiso, no Chile e tal como seria da mais elementar justiça o piloto do Pioneer Desert Team Delta Q teve a sua participação na corrida assegurada depois de ontem ter sido informado que estava fora de prova.

“Fui obrigado a parar a 20 quilómetros do CP1 da 6ª etapa, quando 19 camiões bloqueavam a pista. Nessa altura fomos notificados pela organização que a prova estava neutralizada e que deveríamos aguardar por instruções quanto à forma de sair daquele local. A resolução do problema só aconteceu na manhã do dia seguinte, pelo que juntamente outros participantes, entre os quais estavam mais duas equipas portuguesas, só chegamos a Mendoza, final da 6ª etapa, pelas 15 horas locais”, explica Ricardo Leal dos Santos que acrescenta: “A essa hora já estava fechado o controle para o início da 7ª etapa, que os camiões ficaram dispensados de fazer. O mesmo acabou por acontecer, de forma forçada connosco. Não fazia qualquer sentido sermos penalizados por uma situação que não fomos nós a criar. Felizmente está tudo resolvido e agora com o nosso X5 totalmente revisto quero abordar a segunda metade da prova acreditando que tudo vai melhorar”.

Após uma jornada de descanso nas orelhas do Oceano Pacífico, a prova ruma agora a norte em direcção ao deserto do Atacama que será abordado dentre de três dias. A próxima etapa com quase 300 quilómetros de sector selectivo será efectuada em média montanha com pistas que variam entre os rolante e o sinuoso bem à medida dos os pilotos mais tecnicistas.

A2 Comunicação, 2009-01-10
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.