Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Thu, 29 Sep 2022
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Adelio Machado no pódio T2

Líder entre as equipas portuguesas reassume candidatura…

Adelio Machado e Laurent Flament ultrapassaram hoje mais uma longa e dura etapa do Dakar, que rumou ao deserto do Atacama em território chileno, ocupando agora um lugar no pódio T2. Esta nona especial ficou encurtada em cerca de vinte quilómetros, anulando a parte final do trajecto com um enorme cordão de dunas, mesmo assim, não deixou de ser trabalhosa para os pilotos, não permitindo erros de navegação: “Este deserto do Atacama é duro de roer! Apanhamos ao longo do percurso de tudo, muita navegação, terra escorregadia, pedra e areia. Estávamos a andar a bom ritmo até sensivelmente ao quilómetro sessenta, altura em que nos desorientamos um pouco do rumo certo e andamos ali de um lado para o outro. Perdemos muito tempo e depois foi complicado passar tanta gente, em piso tão pedregoso, para chegar na melhor posição ao final da etapa. Pelo meio ainda sofremos um furo que nos atrasou em cerca de 15 minutos. A parte final da etapa, que mesmo encurtada, era muito complicada” começou por dizer o piloto da Padock Competições que tem sido penalizado na ordem de partida para as especiais: “é um facto. Desde quinta-feira que não parto na ordem da classificação do dia anterior. Esta posição da organização tem-me penalizado bastante porque já encontro as estradas muito degradadas e a velocidade terá de ser menor” afirmou Adelio Machado que ficou algo surpreso quando constatou no site informativo do Dakar uma penalização indevida de 200 horas: “já solicitei essa rectificação, um erro de pronto reconhecido pela organização”, reconheceu o piloto da Padock Competições, preparando-se para mais uma resistência à sua máquina na etapa de manhã que se antevê muito desgastante: Seria muito importante partir o mais à frente possível para a especial de amanhã que se antevê muito difícil com verdadeiras montanhas de areia do deserto de Atacama. Estamos precavidos para essas dificuldades e vamos continuar com a nossa marca «triunfante» etapa a etapa” concluiu o piloto de Famalicão que vai conservando o lugar de melhor português e, terceiro no agrupamento T2.

Padock Competições, 2009-01-12
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.