Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Wed, 24 Jul 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Hélder Rodrigues muito satisfeito com a sua prestação no Dakar 2009

Ultrapassada a fase mais crítica, o piloto Lagos Team/TMN faz um balanço positivo Percorridos já dois terços do Dakar 2009, Hélder Rodrigues cumpriu os objectivos apontados tendo sido particularmente feliz na navegação, colocando-se como melhor português em prova, no quinto lugar da classificação geral.

Tendo conhecido um difícil início de Dakar, caindo para vigésimo da classificação geral no segundo dia, o piloto Lagos Team soube, dia após dia, dar a volta e recuperar gradualmente posições, registando como melhores posições um quinto e um quarto lugar, respectivamente, na quinta e décima especial.

“Este rali não começou da melhor maneira mas lutei para chegar aqui e estou muito satisfeito com a minha evolução até ao quinto posto. Ainda faltam quatro dias para terminar a prova, e vou dar o máximo para alcançar a minha melhor classificação num Dakar, que espero seja o terceiro lugar.” Referiu o piloto de Sintra que acrescentou ainda: “Olhando para a recuperação que realizei, e apesar de acusar já algum cansaço físico, sinto força anímica para tentar subir na classificação e não ser ultrapassado pela armada semi-oficial da KTM.

Com a anulação da 11ª etapa por causa do mau tempo, a Caravana do Dakar rumou em direcção a Fiambala, na Argentina, onde terá lugar mais uma dura etapa, que caracteriza fortemente este Dakar sul-americano.

“Esta edição está a ser uma surpresa para todos, é um Dakar realmente muito duro quer para a mecânica quer a nível físico. A décima etapa foi um bom exemplo da dureza deste rali, com muita gente a chegar muito tarde ao acampamento. Estas últimas especiais têm terminado em secções de dunas, fazendo com que cheguemos bastante esgotados. Penso que nem a organização, nem nós participantes, estávamos à espera de encontrar um percurso tão exigente”, concluiu o piloto português melhor classificado.

Classificação geral oficiosa após 10 etapas (motos)
1.º Marc Coma em 43h 52min 30s
2.º David Frétigné, a 1h 24min 50s
3.º Cyril Despres, a 1h 31min 11s
4.º Jordi Viladoms, a 1h 56min 40s
5.º Hélder Rodrigues, a 2h 05min 38s

DCA News, 2009-01-14
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.