Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Sun, 16 Dec 2018
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Paulo Gonçalves cauteloso

14º etapa/10º geral/ 2º classe

Uma vez mais e devido à chuva que caiu ontem entre La Rioja e Cordoba, que fez com que parte da especial ficasse intransitável, a organização alterou a rota da 13ª etapa. Os participantes irão em ligação 364 km, até ao CP4 onde terá início a especial de hoje. Assim os pilotos farão uma especial de 220 km, para depois fazerem 47 km em ligação até Cordoba.

Na penúltima etapa a prova está de volta a La Pampa, num percurso fisicamente muito exigente e que vai apelar às capacidades de pilotagem dos pilotos, uma vez que terão pela frente partes do percurso que todos os anos recebe o mundial de ralis, mas também muita vegetação com cactos à mistura.

Paulo Gonçalves optou por um andamento prudente, numa “especial muito rápida, sem muita navegação, mas com um piso com muita pouca aderência. O facto de ser uma especial muito escorregadia torna-se muito exigente fisicamente”. Falta apenas uma etapa para o final do rali, mas “ao contrário dos outros Dakar, amanhã temos uma etapa longa, de 220 km, onde ainda tudo pode acontecer“, salienta o piloto da Cross Pro.

Em termos de classificações, o piloto de Esposende mantém-se entre os dez primeiros da geral e continua no 2º lugar da classe.

Amanhã realiza-se a última etapa do duríssimo Dakar 2009, que fará a ligação entre Cordoba e Buenos Aires, com uma especial cronometrada de 227 km, no total serão percorridos 792 km.

Paulo Gonçalves Press, 2009-01-16
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.