Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Tue, 19 Mar 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Ricardo Leal dos Santos continua no Top 15

Na véspera do merecido dia de descanso, colocou-se entre os Mitsubishi de Miguel Barbosa e de Carlos Sousa

Após sete duras e difíceis etapas do Dakar Argentina Chile, Ricardo Leal dos Santos continua firme num dos primeiros lugares da classificação geral um furos bem acima das mais risonhas expectativas colocadas no início da corrida. Na 7ª etapa, hoje disputada entre Iquique e Antofagasta, com 600 quilómetros cronometrados, o piloto do Pioneer Desert Team Delta Q terminou na 16ª posição. Na classificação geral, ganha duas posições a Robby Gordon (Hummer) e Stephane Henrard (VW) e perde três lugares para De Viliers (VW), Terranova (Mitsubishi) e Misslin (Mitsubishi). Tudo somado dá um lugar a fechar o Top 15.

“Os resultados são bons, magníficos até, se tivermos em linha de conta a diferença de “armamento”, mas termino sempre com pena de não ter conseguido fazer ainda um pouco melhor. Claro que numa etapa de 600 quilómetros todos os concorrentes têm as suas peripécias, mas se eu conseguisse uma etapa limpa, podia dar um bom pulo na classificação geral”, salienta Ricardo Leal dos Santos que acrescenta: “Hoje, devemos ter perdido entre quinze a vinte minutos numa zona de dunas, onde fomos ter por engano, juntamente com os Mitsubishi do Spinelli e do Miguel Barbosa e que nos levou a um buraco de difícil saída. Como eles têm um pneus com mais tracção, conseguiram sair primeiro, mas deixaram o percurso de tal maneira cavado, que perdemos imenso tempo até conseguir tirar o BMW de lá”.

Amanhã o Dakar Argentina Chile tem um merecido dia de descanso em Antofagasta.

A2 Comunicação, 2010-01-08
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.