Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Sat, 21 Apr 2018
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Miguel Barbosa com etapa infernal

Miguel Barbosa e Miguel Ramalho foram uma vez mais colocados à prova na 12ª Etapa do Dakar 2010 Argentina Chile. A dupla portuguesa foi confrontada com problemas no Mitsubishi Racing Lancer MPR-13 desde muito cedo, pelo que, os quase 500 quilómetros de classificativa, foram particularmente penosos. Contudo, viriam a passar o último controlo na 12ª posição da classificação subindo para o 11º lugar da geral.

À chegada ao final do troço as palavras de Miguel Barbosa resumiam-se a: “Um verdadeiro inferno!”.

Logo ao início da classificativa, estavam apenas decorridos 50 quilómetros, a dupla portuguesa confrontou-se com problemas na caixa de velocidades: “Ficámos sem a quarta velocidade e extremamente apreensivos. Pois sendo a caixa sequencial, tínhamos de forma inequívoca, sempre de passar pela quarta velocidade para reduzir para terceira ou para passar para quinta. A qualquer momento a caixa podia simplesmente ceder, então optámos por ser mais cautelosos e limitar o nosso andamento. Ora íamos em terceira velocidade no ‘red line’ ou passávamos para quinta e o carro simplesmente morria. Foi complicado fazer a gestão do andamento. Mas a nossa preocupação era conseguir terminar a especial, custasse o que custasse”, explicou.

Como se não bastasse, o ar condicionado do Mitsubishi também avariou: “O calor dentro do carro era brutal e o desgaste físico enorme. Estamos muito cansados como nunca tivemos desde que a prova teve início. Tudo nos acontece”, continuou.

A preocupação passa agora para a equipa que terá de resolver este problema para que Miguel Barbosa esteja apto amanhã para fazer uma classificativa sem sobressaltos: “O importante é continuar em prova e lutar de forma sistemática pelo melhor resultado possível. Estamos a aproximar-nos do final mas tudo ainda pode acontecer”, concluiu o Tricampeão Nacional de Todo-o-terreno.

A etapa de amanhã será mais curta com 368 quilómetros de troço e que ligará San Rafael a Santa Rosa na Argentina.

Classificação na Etapa 12:
1º Sainz/Cruz – Volkswagen com 3h30m29s
2º Al-attiyah/Gottschalk – Volkswagen a 52s
3º Miller/Pitchford – Volkswagen a 4m22ss

12º Barbosa/Ramalho – Mitsubishi a 34m51s

Classificação após a Etapa 12:
1º Sainz/Cruz – Volkswagen com 42h47m24s
2º Al-attiyah/Gottschalk – Volkswagen a 5m20s
3º Miller/Pitchford – Volkswagen a 28m12s

11º Barbosa/Ramalho – Mitsubishi a 6h52m03s

Rute Vieira, 2010-01-14
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.