Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Tue, 18 Dec 2018
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Ruben Faria nas Minas de Copiapo

A região mineira de Copiapo tornou-se famosa no final de 2010 por força do mediatico salvamento dos mineiros que ficaram presos numa das muitas explorações locais, mas hoje volta a estar no centro das atenções com a chegada do Dakar, que por aqui vai ficar durante dois dias. Antes da ‘boucle’ de amanhã que começa e termina na localidade chilena, os concorrentes, ou melhor, os resistentes deste Dakar 2011 enfrentaram uma longa especial com mais 500 quilómetros de extensão que os trouxe desde Antofagasta. Um dia marcado por alterações na segunda metade do ‘top-ten’, mas que se manteve inalterado entre os cinco primeiros.

Para Ruben Faria esta foi mais uma etapa onde procurou manter a posição em termos de classificação geral, algo perfeitamente alcançado com o sexto posto em que terminou a jornada.

“Foi um dia longo, exigente do ponto de vista de navegação e também fisico, já que algumas secções do percurso têm muitas valas que podem ser verdadeiras ratoeiras para os mais desatentos. Fiz uma jornada calma, sem exagerar e durante grande parte da mesma rodei em conjunto com o Ullevalseter, que terminou em conjunto comigo.”

Em termos de classificação geral nada se alterou, excepção feita ao facto de que Ruben Faria está agora a mais de uma hora do líder e também um pouco mais afastado em termos de ascensão a um possível quarto posto.

“Em situação normal isso não vai acontecer, neste momento para subir na classificação terei que contar com problemas dos meus adversários. Por isso não vale a pena arriscar uma queda ou um problema que possa colocar em risco a minha prestação.” Palavras de Ruben Faria na chegada ao final da especial do dia, ele que prepara uma etapa diferente para o dia de amanhã, já que os pilotos vão amanhã partir lado a lado em grupos de dez – os melhor classificados – com o restante grupo a arrancar para os 235 quilómetros de especial em grupos de 20.
“Será um arranque estilo motocross, que promete ser espectacular!”

Classificação Geral (após a 8ª etapa)
1º Marc Coma – KTM com 32h18m52s
2º Cyril Després – KTM a 09m19s
3º Francisco Lopez – Aprilia a 22m48s
4º Hélder Rodrigues – Yamaha a 41m42s
5º Ruben Faria – KTM a 01h09m59s

Rui Belmonte, 2011-01-10
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.