Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Fri, 24 May 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego
Dakar 2003

 
 
Vitória da vontade e da garra de Ricardo

No final do Dakar, Ricardo está feliz

No final da edição 2003 do Dakar, o piloto do Desert Yamaha Berner Quad Team, Ricardo Leal dos Santos, conseguiu o feito notável de terminar a prova aos comandos de Quad, já que, em edições anteriores, contavam-se pelos dedos os pilotos que superavam esse objectivo.

Em Sharm El Sheikh, Ricardo tinha estampado na cara a imagem da satisfação: “Foi um grande triunfo pessoal, mas que aproveito desde já para agradecer a todos os que me apoiaram, não só aqui, mas em todas as ocasiões desde que apostei em conseguir terminar um Dakar em cima de um Quad. Foi muito difícil e por vezes também muito violento. Cheguei a pensar que tudo tinha terminado quando logo nos primeiros dias de África, fui atirado para fora da moto pelo Servia, mas depois tudo se recompôs. De ano para ano os pilotos dos Quad estão melhor preparados. As participações anteriores têm servido para as motos se desenvolverem e os acessórios também evoluíram bastante. Estou certo que me apresentei bem preparado, tanto a nível pessoal, como mecânico. Penso que o meu andamento se situava em 4º ou 5º dos Quad, já que havia pilotos com máquinas excepcionais, mas o acidente condicionou quaisquer objectivos desportivos e o meu único e verdadeiro lema passou a ser chegar ao fim. Hoje, missão cumprida! Fiz os 34 quilómetros sem grande nervosismo e como era um dos primeiros pilotos em pista, já que as motos partiram por ordem inversa da classificação de ontem e eu passei uma série delas na pista, também me perdi três vezes, mas nada de especial. Agora estou já a pensar em dar corpo ao meu projecto de competir nos cinco continentes, pelo que a próxima corrida deverá ser o Rali dos Sertões, no Brasil, o Australian Safari”.

O único representante português, em motos, a chegar ao fim da 25ª edição do Dakar, terminou a 17ª e última etapa na 79ª posição.

Depois do acidente que quase o afastou da competição, Leal dos Santos conquistou o 90º lugar da geral e o 8º da categoria.

 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.