Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Sun, 22 Jul 2018
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego
Dakar 2003

 
 
Bernardo Vilar faz balanço positivo no Dakar 2003

Vencedor do Troféu de Amadores T1

O ex-motard, Bernardo Vilar estreou-se este ano na mais dura e mítica prova de Todo-o-terreno nas quatro rodas, numa participação que superou todas as expectativas, e que levou o piloto português a arrecadar o Prémio de Amadores da classe T1.

Ao sair de Portugal, a dupla da Brisa Access Team levava apenas um objectivo: terminar a 25ª edição do Dakar.

Mas, bem cedo, o desenrolar das hostilidades mostravam a Bernardo Vilar e José Lucas que poderiam fazer melhor e mesmo as dificuldades iniciais de adaptação ao carro e à equipa, não afastaram o seu optimismo.

“Desde o início que sabia que iríamos perder algum tempo em adaptações. Foi a minha estreia de carro e as diferenças para a mota eram abismais. Mesmo assim, tinha consciência que era uma questão de tempo”, explicou o ex-motard.

“Depois das primeiras etapas realizadas, a confiança em mim, no carro e no navegador aumentou gradualmente, assim como os meus resultados, que começaram a revelar-se cada vez melhores”, referiu Bernardo Vilar

Após a primeira metade da prova a dupla portuguesa encontrava-se classificada no 48º posto da geral, 11º da categoria T1.

Foi a partir desta altura que a prestação dos portugueses começou a ser notável, não se revelando melhor devido ao Patrol GR da equipa Promotech não ser tão veloz quanto o desejado: “o carro era bastante resistente e mostrou-se muito fiável ao longo das 17 etapas, mas faltava-lhe velocidade para as zonas rápidas e motor a baixas rotações para quando atascávamos nas dunas. Mas todas estas adversidades, nós já as conhecíamos e sabíamos que o maior desafio seria ultrapassar estes obstáculos”, salientou Bernardo Vilar.

Na segunda metade do Dakar 2003, Bernardo Vilar recuperou mais de 20 posições à geral, terminando no confortável 26º posto da tabela, superando os percalços que ao longo do percurso não foram suficientes para travar as suas ambições dos portugueses.

A brilhante recuperação deve-se ao empenho e persistência de toda a equipa: “tudo isto só foi possível devido enorme dedicação por parte de todos. Agradeço aos nossos patrocinadores por terem acreditado neste projecto, ao Lucas pela excelente prestação e pelo optimismo que sempre foi mantendo, mesmo quando as coisas não corriam tão bem, e a toda a equipa técnica que sempre deu o seu melhor para que o carro estivesse nas melhores condições” , disse, visivelmente satisfeito, Bernardo Vilar.

A prestação de Vilar na 25ª edição do Dakar revelou-se acima das expectativas e tão cedo não será esquecida pela dupla portuguesa: “não há palavras para descrever o nosso entusiasmo, não só porque tivemos uma excelente prestação, mas porque superámos as nossas próprias expectativas. Confiávamos no nosso potencial, mas não sabíamos se o carro conseguiria aguentar tamanha pressão. Não cabemos em nós de tão orgulhosos. Regressamos a Portugal com um verdadeiro sabor a vitória, não só por termos ganho o Troféu Amadores da classe T1, mas por termos conseguido a 6ª posição na classe e acima de tudo por termos conseguido classificar-nos no Top 30 deste Dakar”, concluiu o piloto luso.

Bernardo Vilar e José Lucas chegam ao Aeroporto de Lisboa às 18h no voo 809Z de Madrid.

DCA News, 2003-01-21
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.