Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Sun, 15 Sep 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego
Dakar 2004

 
 
Marques e Villar sem sorte no Prólogo de hoje

Problema mecânico afecta prestação de equipa lusa

Paulo Marques e Bernardo Villar em Clermond-Ferrand

Não começou da melhor forma a 26ª edição do Telefónica/Dakar para a dupla portuguesa. Paulo Marques e Bernardo Villar não conseguiram melhor que o derradeiro tempo no Prólogo disputado esta tarde, em Clermont-Ferrand, devido a um problema mecânico, realizando 38m04s.

Sob muito frio e neve, que transformou o piso do percurso de 1,5 quilómetros num autêntico “ringue” de gelo, Paulo Marques estava encarregue de dar início à aventura tomando o volante do Nissan Patrol GR. Sem que nada o indicasse, à passagem pelo segundo ribeiro existente no percurso, o motor do carro começou a falhar até parar de vez passados alguns segundos:

“Por termos passado numa zona com água, ainda pensei que o problema podia estar com a entrada de água no distribuidor, mas verifiquei que o filtro de ar estava seco, pelo que fiquei um pouco mais preocupado! Só depois de um espectador nos chamar a atenção para o facto de não saírem gazes do escape, é que me lembrei que o problema podia estar relacionado com a bomba de gasolina. Accionei a bomba nº2... e o carro pegou de imediato”, explicou, algo desiludido, o piloto de Famalicão.

“A organização teve que nos puxar para fora do percurso para que os concorrentes seguintes pudessem passar e perdemos cerca de 35/36 minutos com este problema, que nos atirou para últimos. No entanto, o Prólogo não decide nada e vamos agora ainda com mais vontade e crença em conseguir um bom resultado neste Dakar. Conseguimos desenvencilhar-nos, continuamos em prova e temos ainda muitos milhares de quilómetros a percorrer, pelo que estamos ambos confiantes, cabendo-me a mim conduzir amanhã”, lembrou Bernardo Villar, hoje com funções de navegador.

Kenjiro Shinozuka foi o mais rápido, na frente do sul-africano Giniel de Villiers, ambos em Nissan Pick Up, e Miki Biasion, o melhor da formação oficial Mitsubishi. Amanhã, o Dakar prossegue com a segunda etapa, num total de 531 quilómetros, dos quais 25 são cronometrados.

GateKeepers, 2004-01-01
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.