Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Mon, 22 Jan 2018
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego
Dakar 2004

 
 
Brilhante ontem

Regular hoje

Faltam apenas cem quilómetros para que Elisabete Jacinto cumpra a promessa deixada à partida do Dakar 2004, a de levar o seu Renault Kerax Rallye Raid até ao final da mais dura e difícil competição mundial de todo-o-terreno.

No quarto de século anterior, nunca uma mulher concretizara esse objectivo, tal como não consta que algum piloto o tenha feito em moto e em camião, durante essas 25 edições. A piloto portuguesa não só está a superar essa promessa, como se dá ao luxo de rolar bem dentro da primeira metade da classificação. Na etapa de ontem registou o 19º tempo, naquele que foi o segundo mais longo sector selectivo do Dakar, com uma extensão de 579 quilómetros. Na classificação geral ocupa agora o 27º lugar absoluto.

Mas apesar do brilhante resultado obtido ontem, nem tudo correu da melhor forma já que “tivemos de parar quatro vezes, três das quais para tentar reparar o sistema de controle de pressão de ar, já que as tubagens foram arrancadas pelos ramos de árvores que ladeavam a pista. Tal como na véspera, voltei a ultrapassar uma vintena de camiões e outros tantos automóveis. Apesar de ter a noção que fiz um bom resultado, sinto alguma frustração de ainda não ter conseguido fazer uma etapa “limpa”. Estou certa de que posso fazer muito melhor. Sinto-me cada vez mais à vontade na condução do meu Kerax. Hoje tivemos de infelizmente voltar a partir “lá atrás” já que, desde 4ª feira, a organização não actualiza as ordens de partida. Este é um dos grandes problemas dos camiões, que andam sempre com horários desfasados. Para nós não há briefing, o pequeno-almoço e as rações tem se ir buscar à hora dos outros partirem e hoje voltámos a ter de parar três vezes de novo por causa do sistema do ar já que a válvula saltou. Foi uma especial lenta, com muito corta-mato mas com a enorme satisfação da chegada a Dakar. Já está quase ”.

Partiram 63 camiões e estão 39 classificados.

Classificação geral:

1º Tchaguine (Kamaz), 67h49m45s;
2º Kabirov (Kamaz), a 54m40s;
3º De Rooy (Daf), a 1h31m08s;
4º Mardeev (Kamaz), a 6h53m19s;
5º Sugawara (Hino), a 7h57m59s;
27ª Elisabete Jacinto (Renault Kerax), a 39h15m54s.

A2 Comunicação, 2004-01-17
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.