Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Sun, 22 Jul 2018
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego
Dakar 2004

 
 
Peterhansel e Nani Roma vencem Dakar 2004

Terminou a 26ª edição do Rali Dakar

O francês da Mitsubishi Stephane Peterhansel e o espanhol da KTM Nani Roma, sagraram-se hoje, sem grandes surpresas, campeões da edição de 2004 do Rali Dakar, a maior prova mundial de todo-o-terreno.

Peterhansel, que este ano triunfou em duas etapas, já tinha arrecadado seis troféus em motos nos anos de 1991, 1992, 1993, 1995, 1997 e 1998, sendo esta a sua estreia nas vitórias em automóvel. Tendo terminado a última etapa do Dakar 2004 no topo da classificação geral, à frente do japonês da Mitsubishi Hiroshi Masuoka e de Jean-Louis Schlesser, tornou-se, com esta vitória, no piloto que mais trofeus conquistou no mítico Rali Dakar.

Na etapa de hoje foi Colin McRae o primeiro a alcançar a “meta”. Na luta pelo título Peterhansel, não teve grandes dificuldades em manter a distância relativamente a Masuoka.

No que respeita aos pilotos portugueses, Bernardo Villar e Paulo Marques, em Nissan, terminaram a prova na 25ª posição, a 30:46.44 horas de Peterhansel, tendo terminado a última etapa, em Dakar, na 57a posição. No final da prova, mostravam-se ambos cansados mas muito satisfeitos.

Elisabete Jacinto, que conduziu um camião Renault, foi uma das grandes figuras da edição deste ano do Rali Dakar, tornando-se na terceira mulher a terminar a prova em camião, depois de Aline Rambeua e Veronique Jaccquot, conseguindo o 26º lugar. No final, falou da dureza da prova, mas mostrou-se muito feliz por ter conseguido alcançar o seu objectivo, apesar das vicissitudes que não lhe permitiram conseguir um melhor tempo.

Nas motos, Nani Roma, em KTM reforçou a sua posição de líder na etapa de hoje, deixando o francês Richard Sainct, vencedor da Edição de 2003, a cerca de 12 minutos de diferença. Nani Roma, o primeiro espanhol a subir ao primeiro lugar do pódio, classificou-se na geral, à frente dos franceses Richard Sainct, tricampeão do Dakar (1999, 2000 e 2001), e Cyril Després, ambos em KTM.

A marca japonesa Mitsubishi bateu este ano o recorde de 9 vitórias em 26 edições. Nas motos, a marca austríaca KTM conseguiu a 4ª vitória consecutiva.


Classificação da última etapa (carros)
1º C. McRae/T. Thorner, (Nissan): 14.42 minutos
2º J. Maria Servia/F. Borsotto, (Schlesser-Ford) a 41 seg.
3º N. Al Attiyan/M. Bartholome, (Mitsubishi) a 43 seg.
4º L. Alphand/H. Magne, (BMW) : a 59 seg.
5º G. De Villiers/F. Jordaan, Afs (Nissan) : a 1.04 minutos
6º JL Schlesser/JM Lurquin, Fra/Bel (Schlesser-Ford) a 1.09 minutos
57º Bernardo Villar/Paulo Marques, Por (Nissan), a 21.11

Classificação final (carros)
1º S. Peterhansel/JP Cottret, (Mitsubishi) 53:47.34 horas
2º H. Masuoka/G. Picard, (Mitsubishi) : a 49.24 minutos
3º JL Schlesser/JM Lurquin, (Schlesser-Ford): a 3:00.33 horas
4º Luc Alphand - Henri Magne, Fra/Fra (BMW): a 3:55.58 horas
5º A. Mayer/A. Schulz, Ale/Ale (Mitsubishi): a 5:46.17 horas
6º B. Saby/M. Stevenson, Fra/GB (Volkswagen): a 6:54.03 horas (...)
25º B Vilar/P. Marques, Por (Nissan) : a 30:46.44 horas

Classificação da última etapa (motos):
1º Cyril Després, Fra (KTM): 14.49 minutos
2º Pal Anders Ullevalseter, Nor (KTM): 10 segundos
3º PG Lundmark, SUE (KTM): a 47 seg.
4. Fabrizio Meoni, Ita (KTM) : a 50 seg.
5. Larry Roeseler, Eua (KTM): a 1.12 minutos
6. David Frétigné, Fra (Yamaha): a 1.16 min.

Classificação final (motos):
1º Nani Roma, Esp (KTM): 55:56.28 horas
2º Richard Sainct, Fra (KTM): a 12.38 minutos
3º Cyril Després, Fra (KTM) : a 44.31 min.
4º Alfie Cox, Afs (KTM): a 49.06 min.
5º Pal Anders Ullevalseter, Nor (KTM) a 2:04.33 horas
6º Fabrizio Meoni, Ita (KTM): a 3.05.57 horas

TSR, 2004-01-18
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.