Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Tue, 19 Mar 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego
Dakar 2005

 
 
"Apostámos na aventura... e foi o máximo!"

"Queríamos chegar... e conseguimos!"

A dupla Ricardo Leal dos Santos / Rui Silva, a bordo do Mitsubishi Pajero V6 3500 da equipa Berner / Simplesnet / BFT Desert Team, escreveu esta manhã no Lac Rose a última página do seu livro de aventuras denominado Barcelona-Dakar 2005. Um projecto que quase pareceu destinado a ficar pelo caminho mas que heroicamente levaram até ao fim.

Para Ricardo Leal dos Santos é “o cumprir de um sonho, mas acima de tudo a prova provada que ainda é possível encarar o Dakar com o espírito de Aventura. Não tínhamos à partida quaisquer pretensões desportivas que não fossem as de chegar ao fim classificados. Sabíamos que íamos penar muito, ter dificuldades, mas tudo isso fomos ultrapassando, com algum sacrifício, mas muito boa disposição. Levámos uma oficina sobre rodas e conduzimos um dos carros mais antiquados que estavam em prova, mas aqui está ele no final. O maior problema que tivemos foi o da embraiagem que acabámos por reparar em Tambacounda. Ao todo falhámos duas etapas, mas trazemos na bagagem um rol de histórias brilhantes para contar e também uma experiência acrescida já que, se este foi um projecto muito especial para esta temporada, tenho em vista disputar o Campeonato do Mundo em Quad. Pelo que se viu com a dureza desta prova nenhum deles conseguiu chegar ao fim, mas eu e o meu amigo Rui ultrapassámos todas as dificuldades e tivemos, por exemplo, ajudas muito preciosas dos locais quando há quatro dias parámos logo no início da especial para fazer a nossa mecânica já que vínhamos de uma directa e até então não tinha havido hipótese de parar” referiu à chegada a Dakar o piloto naturalmente muito satisfeito. “Deixo para o fim o facto de hoje a embraiagem ter ido de novo à vida à saída da praia. Estávamos em curtas, conseguimos enfiar a quinta e lá viemos assim até ao fim. É no arame até às últimas”.

A2 Comunicação, 2005-01-16
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.