Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Sun, 15 Sep 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Sousa e barbosa lideram pilotos portugueses

12ª etapa do Lisboa/Dakar

A poucos dias do final da prova de Todo-o-Terreno mais popular do mundo, os pilotos portugueses ao volante de veículos Nissan que ainda resistem às duras etapas do Lisboa/Dakar mantêm o mesmo ritmo eficiente que têm vindo a demonstrar ao longo de toda a competição. A comitiva portuguesa continua a marcar uma forte presença na corrida, com mais de uma dezena de pilotos ainda em prova, sendo que os dois mais rápidos são Carlos Sousa e Miguel Barbosa, ambos em Nissan.

A dupla Carlos Sousa/Jean-Marie Lurquin terminou mais uma vez o dia com um excelente resultado. Ao marcar o 11º melhor tempo da especial de hoje, o piloto de Almada continua na 7ª posição da geral a pouco mais de cinco horas do líder da prova. Tendo em conta a natureza do Dakar e que alguns pilotos apresentam 80 ou mais horas de atraso, esta diferença é mínima. “A competição pelos lugares da frente está muito acesa”, comentou Carlos Sousa, avançando que “mesmo assim, tenho conseguido cumpriri os meus objectivos e, daqui para a frente, quero apenas consolidar a minha posição. Logicamente, gostaria de subir mais algumas posições, mas agora o mais importante é continuar no Top Ten”.

Miguel Barbosa voltou a subir duas posições na geral, ascendendo assim à 24ª. Visto que esta etapa de 872 quilómetros, entre Bamako e Lamé, é o que se considera uma “etapa maratona”, onde os concorrentes não podem contar com um parque de assistência no final do dia, Miguel Barbosa optou por uma estratégia mais cautelosa. “O piso que encontrámos nos primeiros 170 Kms foi o mais difícil até agora”, disse o piloto do Nissan Pathfinder, explicando que “tivemos que andar em ritmo lento para não corrermos riscos. Depois, nos restantes cerca de 200 quilómetros andámos de forma mais rápida, mas sem forçar.” Esta é a prova de estreia de Barbosa no Dakar e, como não poderia deixar de ser, o Bi-Campeão Nacional está naturalmente satisfeito: “Estou muito contente com o resultado. O Miguel Ramalho tem estado, como sempre, em grande nível e tem sido uma peça fundamental para, dia-a-dia, atingirmos os nossos objectivos. Já só faltam três especiais e só desejo que continuem a correr como estas últimas”.

Para Pedro Gameiro, que tem enfrentado as mais variadas dificuldades ao longo do desafio, a etapa de hoje foi especialmente simpática. “Estou mais satisfeito com o dia de hoje, pois fizemos uma classificativa limpa”, comentou o piloto do Nissan Patrol ao terminar a etapa na 47ª melhor marca. Mais uma vez, o facto de esta ser uma etapa maratona não foi esquecido e a dupla Pedro Gameiro/Pascoal Gambillon avançou com alguma cautela, o que lhes garantiu a 54ª posição na tabela geral. “Foi muito importante termos chegado ao final com o carro sem problemas, pois estamos mais tranquilos para a classificativa de amanhã. Agora, só quero repousar para recuperar energias e seguir para Dakar e atingir os meus objectivos”.


Classificação Geral após a 11ª Etapa (com destaque para os pilotos portugueses)

1º Alphand / Picard Mitsubishi 46h25m52s
2º Villiers / Thorner VW Touareg a 20m32s
3º Roma / Magne Mitsubishi a 1h20m46s
(…)
7º Carlos Sousa / Jean-Marie Lurquin Nissan Navara a 5h05m06s
(…)
24º Miguel Barbosa / Miguel Ramalho Nissan Pathfinder a 21h49m11s
(…)
42º Machado / Flament Toyota a 35h31m30s
(…)
46º Carapeta / Corticadas Bowler a 37h51m49s
(…)
49º Inocêncio / Barreiros Mitsubishi a 40h07m12s
(…)
52º Leal dos Santos Mitsubishi a 42h11m47s
(…)
54º Pedro Gameiro / Pascal Gambillon Nissan Patrol a 48h06m32s
(…)
61º Ferreira / Madaleno Land Rover a 53h58m12s
62º De Matos / Magalhães Land Rover a 53h59m39s
63º Medeiros / Rosado Land Rover a 54h11m04s
(…)
69º Lima / Marques Toyota a 68h00m52s

GoodNews, 2006-01-12
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.