Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Sun, 15 Sep 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Ricardo Leal do Santos em luta feroz com um Kamaz

13ª etapa – Labé /Tambacounda

Ricardo Leal dos Santos completou esta tarde a especial da 13ª etapa do Euromilhões Lisboa Dakar, cumprindo os 348 quilómetros do sector selectivo em 6h41m18s, classificando-se na 34ª posição. Ao piloto do Mitsubishi Pajero DiD nº 358, que enfrenta a prova a Solo, não parecem pesar-lhe os dias de prova e continua junto das mais rápidas equipas privadas 4x4. Na etapa de hoje o piloto voltou a protagonizar uma luta acesa contra o Kamaz de Tachaguine, líder da prova dos camiões.

De Labé até Tambacounda, no Senegal, os concorrentes e toda a caravana cumpriram a 13ª etapa numa distância de 567 quilómetros. Para Ricardo Leal dos Santos “o dia não começou bem, já que havia uma enorme confusão no trânsito e no acesso ao início da especial estavam milhares de pessoas. Não penalizei, mas acabei por partir uns três ou quatro minutos fora da minha hora e, pior do que isso, atrás do Kamaz do Tchaguine. Estes camiões são muito difíceis de ultrapassar, porque andam muito depressa em linha recta e nas zonas mais sinuosas é quando não existe espaço para passar. A determinada altura colei a buzina durante uns minutos e ele lá encostou para me deixar passar. Mais tarde vim a ser ultrapassado de novo por ele, numa zona de muito mau piso que, pelos vistos, para ele não era, tal a forma como passou por mim. Há também uma justificação, que eu tentei minorar mas não consegui. A suspensão estava muito dura e esta etapa tinha partes de verdadeiro trial. Precisava de a ter mais macia, mas não consegui colocá-la como eu queria. De resto não perdi tempo e apenas parei durante um bocado para dar água ao piloto espanhol de Quad, que estava parado”.

A etapa de amanhã leva o rali até Dakar. A "especial" com 254 quilómetros será mais longa do que o figurino do ano passado e as inúmeras mudanças de direcção podem fazer perder minutos precisos ganhos nas etapas anteriores. A chegada à capital faz-se de forma tranquila, já em ligação, através da passagem por algumas aldeias.

A2 Comunicação, 2006-01-13
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.