Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Tue, 19 Mar 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Ricardo Leal dos Santos terminar ao ataque

14ª etapa – Tambacounda /Dakar

A um ritmo verdadeiramente impressionante, para quem enfrentou esta dura prova a Solo, Ricardo Leal dos Santos completou esta tarde a especial da 14ª e penúltima etapa do Euromilhões Lisboa Dakar, cumprindo os 254 quilómetros do sector selectivo em 3h12m49s, classificando-se na 22ª posição. Um excelente resultado do piloto do Mitsubishi Pajero DiD nº 358, que terminou muito próximo de Carlos Sousa e a apenas um escasso minuto de ser o terceiro português nesta etapa.

De Tambacounda até Dakar os concorrentes cumpriram a 14ª etapa, numa distância total de 634 quilómetros. Para Ricardo Leal dos Santos “foi uma etapa que me correu de forma excelente. De início ultrapassei alguns dos concorrentes que ontem deixei passar, naquela zona mais trializante da prova. Deixei passar o Pedro Gameiro mas depois acabei por o passar, o mesmo acontecendo com o Kamaz, que tantas dores de cabeça me dera ontem. Senti-me bem e, sem arriscar, decidi atacar. Tenho um bom carro, que já afinei melhor a nível de suspensão, e esta era uma etapa que conhecia bem do ano passado. Saio deste Dakar muito satisfeito por provar que não era muito complicado vir a solo, embora seja uma grande aventura, e por perceber que, depois dos Quad, também nos carros posso competir com os melhores. Hoje deu-me muito gozo vir depressa. Apanhei dois sustos quando tive pela frente, duma vez, um camião pejado de pessoas e doutra, quando uma pickup, com cerca de quarenta pessoas na caixa, se atravessou à minha frente. Em ambas as situações tive de travar a fundo, mas este carro é excelente e respondeu bem. Amanhã é dia de festa e hoje já vou tomar um grande banho e dormir numa boa cama!”.

A última etapa dá a tradicional volta ao Lago Rosa, com uma especial de 31 quilómetros. Há quem aproveite para ganhar mais umas posições à geral, há quem prefira chegar descansado e, justamente, não perder mais lugares à geral. Para todos, o momento tão aguardado, o da chegada a Dakar.

A2 Comunicação, 2006-01-14
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.