Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Sun, 15 Sep 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
O melhor português foi: Miguel Barbosa

A dupla Bi-Campeã Nacional de Todo-o-terreno, Miguel Barbosa/Miguel Ramalho foram os melhores portugueses na 14ª Etapa do Lisboa-Dakar ao registarem o 13º crono. Resultado que satisfez na plenitude a dupla portuguesa que se estreou este ano na prova, para além de demonstrar o excelente rali que têm vindo a fazer. A adaptação ao Dakar foi o melhor que se poderia esperar e antevê em edições futuras bons resultados.

Não é à toa que Miguel Barbosa é Bi-Campeão Nacional de TT e uma vez mais dá provas das suas capacidades e do seu profissionalismo: “Estou muito contente com o resultado de hoje. Quando a equipa ontem nos disse que o problema no carro estava solucionado e que tínhamos tudo para fazer uma boa etapa hoje, não hesitei. O Miguel Ramalho analisou cada detalhe do Road Book e rapidamente nos apercebemos que era uma classificativa ao nosso estilo. Bastante rolante e técnica e decidimos arriscar. Voámos baixinho, mas foi o suficiente para este bom resultado que quero dedicá-lo a todos os meus patrocinadores e àqueles que acreditam no meu trabalho”, começou por dizer o piloto lisboeta.

Para quem se estreia nesta prova, os resultados que tem alcançando fazem de Miguel Barbosa, provavelmente o piloto revelação no Dakar: “não sei se serei o piloto revelação, mas sei que tentámos sempre dar o nosso melhor com o material que tínhamos à disposição. Tivemos de gerir as coisas em muitas etapas, mas penso ter sido a nossa “cabeça fria” que ditou estes resultados. Não viemos com o intuito de pensar na classificação na tabela, mas o certo é que aos poucos fomos conseguindo ir subindo. Mentiria se dissesse que hoje isso não tenha significado. Claro que tem, estou felicíssimo por ser o segundo melhor piloto português e só espero conseguir manter essa posição amanhã”, lembrou o jovem piloto.

“Faltam ainda 110 quilómetros para concluirmos a prova e todos sabemos que ainda muita coisa pode acontecer. Ainda não atingimos o nosso objectivo que é chegar a Dakar. Só amanhã quando subir ao pódio final é que posso dizer: prova superada. Até lá, vamos manter a mesma postura de concentração e luta”, concluiu Miguel Barbosa bastante satisfeito com o seu desempenho.

Classificação na 14ª Etapa:
1º Chicherit/Baumel (BMW X5) com 2.36.33, 2º Cox/Pitchford (BMW X5) a 3.13, 3º Miller/Von Zitzewitz (Volkswagen) a 5.07 … 13º Miguel Barbosa/Miguel Ramalho (Nissan Pathfinder) a 26.22

Classificação após a 14ª Etapa:
1º Alphand/Picard (Mitsubishi Pajero) com 53.47.32, 2º De Villiers/Thorner (Volkswagen Touareg) a 17.53s, 3º Roma/Magne (Mitsubishi Pajero) a 1.50.38… 21º Miguel Barbosa/Miguel Ramalho (Nissan Pathfinder) a 23.38.2

Nota: Resultados Oficiosos

DCA News, 2006-01-14
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.