Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Sun, 22 Apr 2018
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Repsol triunfa nas motos e carros pela primeira vez na história do Dakar

Marc Coma averbou a sua primeira vitória nas motos, a segunda de um piloto espanhol no Dakar. Giovani Sala também sobe ao pódio.


Luc Alphand garante primeiro triunfo entre os automóveis e Nani Roma sobe ao pódio do Dakar pela primeira vez ao cabo de dois anos na categoria.

Segunda vitória espanhola no Dakar e êxito para os pilotos Repsol. A última jornada do Lisboa/Dakar 2006 terminou com a tradicional chegada ao Lago Rosa, bem perto da capital do Senegal, onde se efectuou a cerimónia do pódio que consagrou Marc Coma como vencedor das motos e Luc Alphand nos automóveis com a primeira vitória. Uma dobradinha histórica para os pilotos Repsol no Dakar.

A tirada de hoje foi neutralizada. A organização da prova tomou esta decisão em sinal de respeito pelos trágicos acontecimentos dos últimos dias, pelo que os pilotos cumpriram a especial sem que houve lugar a tirada de tempos. Desta forma, as classificações gerais de ontem marcaram o final da prova, com Marc Coma a concluir como brilhante vencedor nas motos com vantagem de 1h13m29s sobre o seu principal rival, Ciryl Déspres. No pódio, o catalão contou ainda com a presença do seu companheiro Giovani Sala, em terceiro, enquanto Calro de Gavardo foi quinto.

Luc Alphand triunfou com uma margem mais reduzida, 17m53s sobre o sul-africano De Villiers, contando ainda com Nani Roma no pódio. O piloto espanhol conseguiu magnífica terceira posição no seu segundo ano nas quatro rodas e após um excelente Dakar onde pilotou de forma segura e muito eficaz que lhe permitiu sempre andar entre os melhores. Stéphane Peterhansel, vencedor do Dakar em 2005, foi quarto.

Marc Coma: “Estou muito contente, mas ainda não caí bem em mim. Quero dedicar este triunfo ao Andy Caldecott porque pagou um preço muito alto pela sua paixão. Quero ainda agradecer a toda a equipa o trabalho efectuado, às pessoas da KTM, aos elementos da Repsol e, em especial, a Jordi Arcarons que me ajudou muito neste rali.”

Nani Roma: “Foi um rali muito positivo. A equipa Repsol/Mitsubishi Ralliart cumpriu o objectivo traçado que era vencer. O Luc foi quem levou a melhor e eu também subi ao pódio, o que também era a minha meta. Mas o melhor foi os progressos que apresentei. Creio que agora posso lutar pelo triunfo no próximo ano.”



Geral Motos
1. M. Coma (KTM) 55h 27m 17s
2. C. Després (KTM) a 1h 13m 29s
3. G. Sala (KTM) a 2h 29m 48s
4. C. Blais (KTM) a 2h 36m 18s
5. C. De Gavardo (KTM) a 2h 22m 47s


Geral carros
1. L. Alphand/G. Picard (Mitsubishi Montero Evolution) 53h 47m 32s
2. G. De Villiers/T. Thörner (Volkswagen Touareg) a 17m 53s
3. J. Roma/H. Magne (Mitsubishi Montero Evolution) a 1h 50m 38s
4. S. Peterhansel/J-P. Cottret (Mitsubishi Montero Evolution) a 3h 20m 24s
5. M. Miller/D. Van Zitzewitz (Volkswagen Touareg) a 3h 23m 25s

GateKeepers, 2006-01-15
 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.