Notícias Opiniões Segurança Moto Clubes Pilotos Eventos Desporto Esc. Condução IPO Área Reservada 
Fri, 24 May 2019
Entrada
Atrelados
Automóveis
Bicicletas
Motos
Viaturas Usadas
Emprego

 
 
Zonas Espectáculo

1ª ETAPA – LISBOA / PORTIMÃO

SS1 – BEJA / ALMODÔVAR

ZE 1 – Aljustrel / Carregueiro (km 12/15)

Esta zona espectáculo (ZE), a primeira do Lisboa-Dakar, divide-se em dois sectores. O sector 1, situado do lado direito da EN2 (sentido sul – norte) apresenta, em zona ampla e com boa visibilidade, um percurso sinuoso mas rápido a descer com passagem por buracos antes de entrar num estradão muito rápido. O sector 2, do lado contrário da EN2, junto à estação da CP de Carregueiro, oferece a possibilidade de observar os concorrentes numa zona muito ampla, planície, desde uma antiga e desactivada linha de caminho de ferro que servirá de bancada natural.
Acessos: Situa-se na EN2 entre Aljustrel e Castro Verde, junto à Povoação do Carregueiro.
Horário: 1ª Moto – 9.25h; 1º Auto – 11.30h; 1º Camião – 15.30h

ZE 2 – Castro Verde / Casével (km 30)

Desde o paredão de uma barragem pode observar a evolução dos concorrentes na aproximação a essa barragem e nas suas imediações. Zona de grande visibilidade num local muito bonito.
Acessos: De Castro Verde seguir direcção Casével. Antes da povoação de Casével do lado esquerdo situa-se a ZE. Siga as indicações no local.
Horário: 1ª Moto – 9.35h; 1º Auto – 11.40h; 1º Camião – 15.45h

ZE 3 – Ourique / Ourique (km 51,22)

Nas imediações do IC1, esta ZE que permite observar os concorrentes num cenário alentejano, com um percurso que se revela rápido mas algo sinuoso, com sobreiros numa excelente área de observação.
Acessos: Da A2, saída de Ourique, seguir direcção Ourique pelo IP2, e entrar no IC1 direcção Algarve. Após a vila de Ourique, à esquerda para a Aldeia dos Fernandes.
Horário: 1ª Moto – 9.50h; 1º Auto – 11.55h; 1º Camião – 16.05h


ZE 4 – Almodôvar / A. Fernandes (km 65)

O percurso do Lisboa – Dakar contorna a Aldeia dos Fernandes seguindo o percurso de uma ribeira ao longo de cerca de 2 km, cruzando-a mesmo duas vezes. A posição elevada da aldeia em relação ao percurso permite uma bancada natural com boas condições.
Acessos: Desde a A2, saída de Almodôvar, quando possível seguir pela esquerda em direcção a Corte Zorrinho, Aldeia dos Fernandes. Junto à povoação siga as indicações. Atenção às estradas condicionadas na região.
Horário: 1ª Moto – 10.00h; 1º Auto – 12.05h; 1º Camião – 16.00h.


2ª ETAPA – PORTIMÃO / MÁLAGA


SS2 – Silves / Alcoutim

ZE 1 – Silves / Vale Mós (km 1)

Esta ZE é de capacidade limitada em termos de público. Situa-se muito próximo do início e permite observar uma curva a 90º a subir.
Acessos: Por Alte, Sarnadas, Monte Ruivo, Águas Frias, Zebro de Baixo e Vale Mós. A parte final deste percurso é em piso de terra.
Horário: 1ª Moto – 8.05h; 1º Auto – 9.55h; 1º Camião – 13.20h

ZE 2 – Almodôvar / S. Barnabé (km 10)

Esta ZE está montada em percurso típico da serra, um sobe e desce com curvas. Com facilidade e boa colocação é possível observar-se uma boa parte do percurso.
Acessos: Do IC1, saída para Baião, próximo de S. Marcos da Serra, Azinheira e S. Barnabé. De Almodôvar para S. Barnabé (saída para Salir)
Horário: 1ª Moto – 8.15h; 1º Auto – 10.05h; 1º Camião – 13.30h

ZE 3 – Loulé / Cortelha (km 37)

Situada junto à pista de motocross da Cortelha. O percurso desta ZE contorna a pista de motocross com bastante sobe e desce e curvas nos topos com muita espectacularidade.
Acessos: De Faro, pela EN2, S. Brás de Alportel e Cortelha. O acesso de norte, pela A2, é bastante desaconselhável devido ao condicionalismo de tráfego em Besteiros. A alternativa será, a partir da povoação do Gueno, seguir por Santa cruz, Casa Nova, Cachopo, Barranco do Velho, Cortelha.
Horário: 1ª Moto – 8.35h; 1º Auto – 10.30h; 1º Camião – 14.00h.



ZE 4 – Alcoutim / Martinlongo (km 93)

Ultima ZE do Lisboa – Dakar, bom local para a despedida. O percurso desenvolve-se na periferia da Aldeia de Martinlongo e pode proporcionar alguns momentos espectaculares, sobretudo com o salto existente na passagem de um asfalto.
Acessos: De Espanha e Sotavento, por IC27, direcção Beja, saída de Alcoutim para Martinlongo. De Faro, pela EN2 até ao Barranco do Velho e depois EN 124 para Cachopo, Martinlongo. De Tavira, por Cachopo.
Horário: 1ª Moto – 9.15h; 1º Auto – 11.05h; 1º Camião – 15.00h


Estradas com condicionamentos

Dia 31 de Dezembro

Estradas de acesso restrito (só com placas de identificação): Ligação de Stª Vitoria (EN18) para Mina da Juliana

Estrada vedada ao trânsito: Estrada de acesso à Aldeia dos Fernandes, a partir da EN 303, por Corte Zorrinho e vice-versa (alternativa por EN2)

Estradas a evitar: EN2 – Junto à povoação do Carregueiro, entre Aljustrel e Castro Verde; EN2 – Próximo de Almodôvar, a norte, junto às piscinas; IP2 – Entre a saída da A2 para Ourique e a referida vila, junto à povoação de Grandaços; Estrada Municipal de Castro Verde para Casével ou estação de Ourique – Junto à povoação de Casével

Dia 1 de Janeiro

Estradas de acesso restrito (só com placas de identificação): Estrada de S. Bartolomeu de Messines para Foz do Ribeiro

Estrada vedada ao trânsito: Estrada do Ameixial para Martinlongo, entre as povoações Corte João Marques e Casa Nova. Alternativa – pela povoação Dogueno, Santa Cruz e Casa Nova.

Estradas a evitar: Estrada de Salir para Almodôvar, junto à povoação do Malhão; Estrada de Salir para Portela do Barranco, junto à povoação; EN2 na povoação de Besteiros, próximo do Ameixial; Estrada da povoação Ameixial para a povoação Corte de Ouro, junto a esta povoação (esta estrada encontra-se vedada ao trânsito entre as povoações de Corte João Marques e Casa Nova); EN124, de Alcoutim para o Pereiro, junto a esta povoação.


NOTA: Na EN2, junto a Besteiro, a circulação efectua-se unicamente por uma faixa de rodagem, sendo a outra reservada para os concorrentes, o que, logicamente, obrigará a passagens alternadas. A mesma situação repete-se na estrada de salir para Almodôvar, junto à povoação de Rachão.

 
Pesquisar

W e b - d e s i g n


  A informação disponibilizada é de carácter informativo. Não tem a pretensão de ser exaustiva nem completa.
Não nos responsabilizamos por qualquer tipo de incorrecção, embora tenhamos a preocupação de ter a informação o mais correcta possível.